3.000 dias no bunker - Guilherme Fiuza - Em Português do Brasil (Brazilian Portuguese) - MKPBR Buy From Brazil — MKPBR - Brazilian Brands Worldwide Skip to content
10% OFF your first order. Coupon code MKPBR (Except for Personal Shopper Services)
10% OFF your first order. Coupon code MKPBR (Except for Personal Shopper Services)

3.000 dias no bunker - Guilherme Fiuza - Em Português do Brasil (Brazilian Portuguese)

by RECORD
Original price $0.00 - Original price $0.00
Original price $0.00
$35.00
$35.00 - $35.00
Current price $35.00
SKU

No final do século XX, no vácuo da derrubada de um presidente, um grupo de amigos assumiu o poder no Brasil e fez quase tudo o que quis. 3.000 dias no bunker narra esta aventura como uma microcâmera, revelando os bastidores das mudanças mais ruidosas e das mais silenciosas, que mexeram com a vida do país. Do plano econômico que nasce de uma operação secreta para driblar o FMI, à articulação internacional que cria uma blindagem política em torno da equipe de Fernando Henrique Cardoso. "Coração financeiro de Nova York batendo forte, lançamento do bônus brasileiro BR-27. Campainha, gritaria e o im-pensável: a demanda bate em 45 bilhões de dólares, ou 15 vezes o que fora oferecido. É o negócio da década. A equipe brasileira assiste a tudo de um camarote trans-parente, suspenso sobre a planície onde estoura a boiada em direção aos papéis desenhados por eles. Logo abaixo de seus pés, a visão sublime tinha algo de dantesco. Era como estar no paraíso flutuando três metros acima do inferno. E eles de fato estavam. Pela Lei de Gorbachev, o destino concedia uma única garantia aos que reformam o poder: ter inimigos infernais para o resto da vida. E poucos teriam tanto poder no Brasil como aquele grupo, que foi parar no topo do Planalto em maio de 1993. Num cenário de governo-tampão, herança de um presidente deposto e vizinho de um Congresso em crise, a janela que dava para a cabine de comando da República ficara aberta. Eles chegaram, olharam e entraram. E mexeram em tudo."

 

Descrição Técnica:

Título: 3.000 dias no bunker

Edição: 11ª Ed.

Editora: Record

Data de publicação: 27 janeiro 2006

Tipo de capa: Livro brochura

Dimensões do produto: 22.6 x 15.4 x 2.4 cm

Número de páginas: 332

Autor: Guilherme Fiuza

Idioma: Português

Tema: Dinheiro e Política Monetária

Nota bibliográfica: Guilherme Fiuza é jornalista e escritor. Autor de Meu nome não é Johnny, 3.000 dias no bunker (ambos adaptados para o cinema) e Bussunda – a vida do casseta, entre outros livros, foi também coautor da minissérie O brado retumbante, da Globo, e escreveu a comédia teatral Eu e ela. É colunista político da revista Época e articulista do jornal O Globo.

 

-------------------

At the end of the 20th century, in the vacuum of the overthrow of a president, a group of friends took power in Brazil and did almost anything they wanted. 3,000 days in the bunker narrates this adventure like a micro-camera, revealing the backstage of the noisiest and the quietest changes that have affected the life of the country. From the economic plan born from a secret operation to bypass the IMF, to the international articulation that creates a political shield around Fernando Henrique Cardoso's team. "The financial heart of New York is beating strong, the launching of the Brazilian bond BR-27. Bells, screams and the unthinkable: demand hits 45 billion dollars, or 15 times what was offered. It is the deal of the decade. The Brazilian team watches it all from a trans-parent box, suspended over the plain where the herd of bulls is roaring towards the papers they have drawn. Just below their feet, the sublime sight had something Dantesque about it. It was like being in paradise floating ten feet above hell. And indeed they were. By Gorbachev's Law, fate granted only one guarantee to those who reform power: to have hellish enemies for the rest of their lives. And few would have as much power in Brazil as that group, which ended up on top of the Planalto in May 1993. In a scenario of a buffer government, inherited from a deposed president and neighboring a Congress in crisis, the window to the command cabin of the Republic was open. They came, looked and entered. And they moved everything."

 

Technical Description:

Title: 3.000 dias no bunker

Edition: 11st Ed.

Publisher: Record

Publication date: January 27, 2006

Cover type: Paperback

Product dimensions: 22.6 x 15.4 x 2.4 cm

Number of pages: 332

Author: Guilherme Fiuza

Language: Portuguese]

Topic: Money and Monetary Policy

Bibliographic note: Guilherme Fiuza is a journalist and writer. Author of Meu nome não é Johnny, 3,000 dias no bunker (both adapted for cinema) and Bussunda - a vida do casseta, among other books, he was also co-author of the TV series O brado retumbante, by Globo, and wrote the theatrical comedy Eu e ela. He is a political columnist for Época magazine and an article writer for O Globo newspaper.

Customer Reviews

Be the first to write a review
0%
(0)
0%
(0)
0%
(0)
0%
(0)
0%
(0)
Liquid error (layout/theme line 490): Could not find asset snippets/layouthub_footer.liquid